EFI

Nova Grampeadeira Prinova: Produza tiragens (ultra) curtas de maneira mais eficiente

23/11/2020 - 11:11

A Prinova, introduzida no Mercado pela Müller Martini durante este outono Europeu, é a solução ideal para tiragens curtas, mas como se trata de uma máquina polivalente, a mesma também é desenhada para tiragens médias. Graças aos alimentadores individuas inovadores, esta grampeadeira, com capacidade de até 9.000 ciclos / hora, pode ser ajustada em tempos incrivelmente curtos.

Müller Martini redesenhou as estações de alimentação por completo, pois agora são independentes e possuem acionamento por motores servo. A máquina é capaz de receber até 14 alimentadores inclináveis que, por sua maior altura da pilha de cadernos, podem ser operados facilmente por uma só pessoa. Como resultado, a mesma pode ser usada em várias aplicações, como alimentação manual e o processamento de cadernos delicados com alturas de pilhas otimizadas. Por isso, esta grampeadeira pode ser ajustada muito mais

rapidamente e usada para produzir tiragens (ultra) curtas de modo substancialmente mais eficiente. A Prinova oferece uma vantagem clara no quesito produtividade quando comparada a grampeadeiras da mesma classe de desempenho.

A Prinova, a qual inclui uma quantidade de recursos tecnológicos comprovados da sua grande irmã, a Primera MC, também pode ser operada de maneira centralizada. Suas novas interfaces, que incluem displays compreensivos, e seu inovador conceito operacional facilitam o uso da máquina, e em consequência encurtam os processos.

“Tendo todos os pontos de ajuste numa grande tela táctil central em vez de tê-los em toda volta da máquina é uma enorme vantagem” diz Yannick Bucher, diretor de operações da empresa Schär Druckverarbeitung AG em Wikon. A Prinova, “simplificada e desenhada pela Müller Martini com foco no essencial” (de acordo com Yannick Bucher), foi testada intensivamente por este especialista Suíço em acabamentos gráficos durante um período de seis meses.

As palavras chave são “facilidade de uso” e “encurtamento de processos”. Várias melhorias tecnológicas foram executadas na guilhotina trilateral da Prinova. Por exemplo, a espessura agora é ajustada com alavanca de posicionamento rápido. Como resultado, o processo de ajuste dos formatos se tornou mais rápido e mais fácil, e a qualidade dos exemplares agora é garantida desde o primeiro produto. “Já que pode ser aberta pelas partes frontal e traseira, esta guilhotina trilateral extremamente ergonómica pode ser ajustada de maneira muito mais rápida” nota Paul Bucher, CEO da Gráfica Schär Druckverarbeitung AG.

Com a sua ótima relação “custo / benefício”, a Prinova é a grampeadeira ideal para Gráficas de Impressão offset convencionais, já ativas ou para aquelas que têm intenção em entrar na impressão digital. O conceito da Prinova está preparado para o acabamento digital (digital ready), e por isso poderá ser ampliada no futuro para o acabamento de pedidos em impressão digital. Em consequência, as Empresas Gráficas estarão equipadas para enfrentar os novos desafios do futuro, tendo em mãos um alto nível de segurança para o seu investimento.

Adicionalmente a tecnologia “Motion Control” que resulta em tempos de ajuste mais curtos, a nova grampeadeira Prinova também inclui o novo sistema de câmeras “Asir Pro” desenvolvido pela Müller Martini. Este sistema reconhece os cadernos e capas usando códigos 1D/2D e/ou comparando imagens. Como resultado, produtos acabados contendo erros de sequência e de posição pertencem ao passado.

“Usamos o sistema de câmeras sem nenhum problema durante toda a fase de testes da Prinova em nossa Gráfica”, confirma Yannick Bucher, diretor de operações na Schär Druckverarbeitung AG. “Os nossos produtos frequentemente têm conteúdos com troca de idiomas, e por isso, obviamente, um sistema de controle confiável é de suma importância”.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui