Oki

Estudantes de São Paulo produzem livro em braille em impressora 3D

07/02/2020 - 15:02

Durante o desenvolvimento de um Projeto de Investigação do Colégio Marista Glória, localizado na Zona Central de São Paulo (SP), os alunos do Infantil 4 criaram uma história para ser transformada em um livro em braille, que será produzido em uma impressora 3D

Um dos alunos da turma tem uma prima cega e percebeu que ela utilizava um sistema diferente para fazer a leitura. Por isso, trouxe a ideia para a docente Catarina Manoela Ferreti Bueno, sua auxiliar Ariel Iolanda e para seus colegas terem a oportunidade de conhecer melhor a linguagem utilizada pela prima.

Os alunos produziram, com a colaboração da Tecnologia Educacional do Colégio, um livro em braille sobre um menino chamado João que vai passear no parque, encontra um cachorro com a pata quebrada e o ajuda. “Os projetos de investigação são utilizados para que as crianças sejam protagonistas de suas aprendizagens, elaborando e investigando hipóteses sobre o ambiente em que vivem. A partir das curiosidades e discussões dos estudantes, é escolhido um tema para investigação”, explica a professora Catarina.

Por meio da investigação, os alunos percebem o mundo, as relações que nele se estabelecem, e constroem conhecimentos. “Após compreenderem como é o sistema braille, eles passaram a produzir a história. Assim que o livro estiver pronto, o enviarão para a prima do colega de classe, que vive no Estado do Sergipe”, afirma a docente.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui