Oki

Heidelberg lança a Chapa Saphira Thermal Plate FND 310 - quinta geração de chapas sem processamento químico

24/07/2019 - 10:07

No dia 13 de junho, durante um evento no Print Media Center - PMC, localizado na Escola Senai Theobaldo de Nigris, na Mooca, em São Paulo, a Heidelberg mostrou ao vivo o desempenho da Chapa Saphira Thermal Plate FND 310. A quinta geração de chapas sem processamento químico da Heidelberg pode ser aplicada em todos segmentos e permite impressão em todos os tipos de tinta convencional ou UV com altas tiragens, mesmo em substratos abrasivos.

“A Chapa Saphira Thermal Plate FND 310 é a quinta geração de chapas sem processamento. O grande diferencial deste lançamento é que, até a quarta geração, se comparada às de processamento químico, as chapas sem processamento eram consideradas ‘sensíveis’. Com a evolução e o consequente lançamento da Chapa Saphira Thermal Plate FND 310, essa distinção sumiu e a Heidelberg pode apresentar uma chapa ecologicamente correta, de desempenho compatível com a chapa com processamento, mas sem o uso de químicos e economizando água, energia elétrica, insumos e peças, com qualidade compatível ou superior às chapas que utilizam produtos químicos”, diz Caio Sanjurjo, supervisor de produtos chapas, da Heidelberg.

Uma gráfica que aprovou a Chapa Saphira Thermal Plate FND 310 é a Grafitusa. Prestes a completar 100 anos de fundação, é a gráfica mais antiga em funcionamento em Vitória, no Espírito Santo. Seu moderno parque gráfico hoje emprega 80 colaboradores e é referência em termos de qualidade e eficiência na área gráfica. Romulo Samorini, diretor da empresa, explica que já utilizavam a chapa Saphira FND 300. “Começamos a usar a Chapa Saphira Thermal Plate FND 310 desde meados de junho e a troca foi ótima. A adaptação do novo modelo foi extremamente simples, tudo continuou funcionando normalmente, não houve qualquer interrupção. A chapa vai direto do CtP para a impressora, eliminando tempo de preparação. O acerto é rápido, com isso utilizamos menos papel, além da economia de água, energia elétrica, peças e insumos. Tudo isso com ótimo desempenho, realmente foi um avanço em termos de chapas”, completa Romulo.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui