Oki

Suzano inicia negociação de ADSs na Bolsa de Nova York

14/12/2018 - 14:12

A Suzano Papel e Celulose iniciou hoje a negociação de suas American Depositary Shares (ADSs) na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), sob a sigla “SUZ”. Cada ADS representará duas ações ordinárias da Suzano na B3. Os títulos que eram comercializados com o ticker SUZBY no mercado de balcão (OTC) deixam de ser negociados em tal segmento na mesma data.

Esse é mais um passo importante no processo de integração das operações e bases acionárias da Suzano com a Fibria Celulose, acordo anunciado em 16 de março de 2018. “A listagem na NYSE representa uma oportunidade para aumento de liquidez, visibilidade e valorização das ações da Suzano no mercado internacional. Ao mesmo tempo, é mais um compromisso dado pela Suzano em direção a uma Governança Corporativa ainda mais alinhada às melhores práticas mundiais”, afirma Marcelo Bacci, Diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Suzano.

Antes da formalização do acordo, prevista para 14 de janeiro de 2019, a operação foi submetida à análise e recebeu a aprovação de todos os órgãos reguladores do Brasil e do mundo. A nova empresa terá capacidade de produção de 11 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papel por ano. Serão 11 unidades fabris e mais de 37 mil colaboradores diretos e indiretos. Entre janeiro e setembro de 2018 as duas empresas alcançaram R$ 10,1 bilhões em geração operacional de caixa e R$ 24,5 bilhões em receita líquida. Juntas, Suzano e Fibria investiram R$ 4,9 bilhões no período.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui