Oki

Há 19 anos como CEO da EFI, Guy Gecht vai deixar o cargo operacional

07/08/2018 - 14:08

A EFI anunciou que seu CEO, Guy Gecht, que está há 19 anos no cargo,  informou ao conselho de diretores da empresa que pretende deixar o cargo operacional quando seu sucessor for nomeado. Gecht continuará atuando como CEO até que seu substituto seja nomeado e se comprometeu a trabalhar de perto com o novo CEO para garantir uma transição bem sucedida. Gecht permanecerá como membro do Conselho de diretores após a mudança do CEO. 

“Deixar o cargo de líder de uma grande empresa nunca é uma decisão fácil. Com grandes oportunidades de mercado, clientes fiéis e um portfólio de produtos rentáveis, reforçado pelo interesse sem precedentes na Nozomi, a EFI nunca esteve numa posição tão boa para o crescimento e sucesso contínuos”, disse Gecht.  

“Com Guy e sua equipe, a EFI deixou de ser uma única linha de produtos e modelo de negócios OEM e passou a ser uma líder mundial diversificada, fazendo a transição de imagens analógicas para digitais sob demanda em setores que afetam nossas vidas todos os dias. Ele liderou a expansão do software de produtividade e das impressoras industriais jato de tinta, o que levou o rápido crescimento da EFI a mais de US$ 1 bilhão em receita anual. Guy é apenas o terceiro CEO da EFI em 30 anos de história, o que trouxe uma estabilidade única apreciada pelo conselho. Como uma empresa global com tecnologia e produtos líderes do setor, há uma oportunidade inigualável para um novo CEO nos próximos anos”, disse Gill Cogan, presidente do conselho da EFI.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui