EFI

Instituto Ecofuturo promove palestras com o WWF-Brasil

15/04/2008 - 00:04
O Instituto Ecofuturo, em parceria com a WWF-Brasil, organização não-governamental dedicada à conservação da natureza, realizam no mês de abril uma série de palestras nas Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso, com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para uma ação integrada pelo meio ambiente, trabalhando a educação ambiental, alinhada à missão do Instituto Ecofuturo – promover a integração entre homem e natureza por meio da educação ambiental. Com o tema Pegada Ecológica – um conceito que mostra que a trajetória da população pelo planeta deixa “marcas” e “pegadas” de acordo com a forma como se constrói os modelos de desenvolvimento – as palestras acontecem nas bibliotecas comunitárias Ler é Preciso da grande São Paulo (datas e locais abaixo).

Irineu Tamoio, coordenador do Programa de Educação para Sociedades Sustentáveis do WWF-Brasil, explica que as palestras são uma ação de sensibilização para que as pessoas reflitam sobre o estilo de vida que levam, cada vez mais, insustentável. “As palestras estão ligadas a uma iniciativa que chamamos de redução da pegada ecológica. A cada vez que nos deparamos com notícias sobre a crise ambiental em jornais, revistas, na televisão ou no rádio, não conseguimos, em geral, perceber a relação entre o nosso cotidiano e este quadro, cada dia mais grave. Muitas vezes, nos remetemos à responsabilidade de outros sem olhar para os nossos hábitos em nossas casas, trabalhos e comunidades. Atribuímos, paradoxalmente, à coletividade, uma responsabilidade que não adotamos para as nossas vidas”, conta ele.

Para Liane Codespoti, coordenadora do Programa Ler é Preciso, a realização das palestras vem ao encontro da filosofia do Instituto Ecofuturo. “Nosso objetivo é apresentar com a realização dessas palestras, uma realidade mais próxima do cotidiano das pessoas, mostrando como alguns hábitos atitudes simples podem transformar e impactar positivamente meio ambiente. Sem integrar natureza e homem, não conseguimos promover educação ambiental. Afinal, somos um único ecossistema”, explica Liane, comentando ainda que as bibliotecas do Ler é Preciso contam com um acervo em que os freqüentadores podem ampliar os conhecimentos das palestras através de vários livros.

O Instituto Ecofuturo já implantou 71 Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso, nos Estados da Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, que atendem cerca de 52 mil usuários por mês.

Nas palestras, o WWF-Brasil faz uma estimativa de quanto da natureza é utilizado para sustentar as formas de moradia, locomoção e lazer, ou seja, o estilo de vida de cada pessoa. Com isso se faz uma relação direta entre o simples fato de fazer compras em um supermercado e a queda nos índices de biodiversidade do planeta.

“O WWF-Brasil acredita que a Pegada Ecológica não é apenas uma nova forma de se trabalhar as questões de educação ambiental, às quais se dedica desde 1971, ano em que a Rede WWF iniciou suas atividades no Brasil. A Pegada é também uma ferramenta de leitura e interpretação da realidade, pela qual poderemos enxergar, ao mesmo tempo, problemas conhecidos, como desigualdade e injustiça, e, ainda, a construção de novos caminhos individuais e coletivos para solucioná-los, por meio de uma distribuição mais equilibrada dos recursos naturais, que se inicia também pelas atitudes de cada indivíduo”, comenta Irineu Tamoio. As palestras acontecem nas bibliotecas comunitárias Ler é Preciso do Instituo Ecofuturo e têm duração de duas horas.

  Mais notícias

Gráfica Inteligente Agnelo Editora Anuncie aqui