Revista Graphprint - Edição 185

Revista Graphprint - Edição 185

GRAPHPRINT Mai/Jun 2018 47 Chapas Chapa Sonora X é o lançamento da Kodak Desenvolvida com base na tecnologia “process free”, novidade vem para derrubar barreiras de desempenho, garante a Kodak A tecnologia de chapas digitais livres de pro- cessamento da Kodak atinge um novo patamar com o lançamento da Sonora X. De acordo com a Kodak, a nova chapa livre de processamento suporta tiragens maiores devido à tecnologia patenteada de anodização e revestimento. Com ela é possível suportar ambientes operacionais altamente automatizados ou velozes, em que a durabilidade da chapa é crucial. A empresa diz que as chapas Sonora X podem imprimir de duas a até seis vezes mais do que a linha Sonora XP, dependendo do tipo de aplicação. “O objetivo da Kodak é tornar a im- pressão mais sustentável e permitir que todas as gráficas eliminem o processamento e os produ- tos químicos da gravação de chapa”, disse Brad Kruchten, presidente da Divisão de Sistemas de Impressão da Kodak. A Kodak espera que mercado offset possa mi- grar para aplicações livres de processamento, incluindo grandes gráficas comerciais com im- pressoras por folha e com rotativas offset com tecnologia heatset ou coldset, além de gráficas offset de embalagens e empresas que trabalhem com impressoras UV e UV de baixo consumo de energia. “A Sonora X oferece um avanço pa- ra a tecnologia livre de processamento. As me- lhorias dramáticas para o tempo de execução e o manuseio permitem que o mercado se ajuste à gravação livre de processamento, permitindo expandir até 80% o mercado, tornando a Sono- ra X uma realidade no mercado de impressão”, explica Kruchten. As chapas Sonora X e Sonora X-N estão disponíveis mundialmente a partir do segundo trimestre 2018. NA PRÁTICA A novidade já está em funcionamento na Druckerei Lokay, na Alemanha. Ralf Lokay, proprietário, é um dos primeiros a testar e adotar a novidade. “A sustentabilidade é uma vantagem comercial para nossa empresa, e está presente desde a forma como aquecemos nossas instalações até como imprimimos para nossos clientes. Na verdade, mais de 75% dos nossos clientes imprimem com a Lokay devido ao nosso forte compromisso com a sustentabilidade, e as chapas Sonora desempenham um papel importante aqui”, fala Lokay. Ainda de acordo com Lokay, desde a conversão para chapas livres de processamento, houve uma redução no consumo de água em mais de 30%. “Eliminamos todos os produtos químicos. Fazemos tudo isso enquanto produzimos um impresso de maior qualidade para nossos clientes”, destaca o gráfico alemão. Para a Kodak há um claro caminho de aumento quanto ao uso de chapas livres de pro- cessamento. A empresa afirma que 30% do volume das chapas fabricadas serão dessa natureza até 2019.

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=