Revista Graphprint - Edição 185

Revista Graphprint - Edição 185

Gestão GRAPHPRINT Mai/Jun 2018 30 Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), seis em cada dez empresas fecham as portas antes de completarem cinco anos de idade. A menor taxa de sobrevivên- cia dos empreendimentos constituídos em 2012 são os das mi- croempresas, com 55%; já a segunda posição está com as empre- sas de microempreendedor individual, com 87%. Os números são da última Pesquisa de Sobrevivência de Empresas no Brasil, realizada pelo Sebrae. “Nem sempre o novo empresário está pronto para abrir um novo negócio e é por isso que muitos deles enfrentam uma série de di- ficuldades logo nos primeiros anos de atividade. Para este perfil, a Person pode auxiliar de várias formas, entre elas com uma assessoria simplificada, com planejamento terceirizado, ou até criando um ambiente de controladoria, por exemplo”, afirma o diretor da Per- son Consultoria, Jorge Pessoa. Para auxiliar o novo empresário a superar os obstáculos de merca- do, seguem os erros mais comuns que podem levar uma empresa à falência. A falta de controle com assuntos técnicos e empresariais, como fluxo de caixa, leis trabalhistas e processos burocráticos de Desenvolva a visão periférica Cada empreendedor tem em mente um caminho ideal para a conquista do seu sucesso, mas um detalhe que, às vezes, passa despercebido é o obstáculo que, no futuro, pode levar uma empresa à falência uma empresa podem, aos poucos, levar esse novo negócio à fa- lência. Para isso, é necessário que o empresário sempre tenha em vista os setores da empresa e as demandas de cada atividade, para que exista um equilíbrio entre todas as funções. “Saber como con- trolar o dia a dia, delegar rotinas e trabalhar para ter qualidade no mercado é fundamental, e o planejamento é a palavra-chave para isso”, explica Pessoa. Um fator comum para que a empresa não se solidifique no mer- cado é quando o empreendedor espera que o cliente caia do céu, quase como um milagre. É importante saber que os primeiros anos de negócio serão um período delicado, onde o empreendedor não poderá medir esforços para conquistar novos clientes e, também, parceiros qualificados. “Tenha um foco e seja bom nisso, venda seu peixe e dê o seu me- lhor, mais para frente sua empresa pode até oferecer vários serviços ou produtos, mas inicialmente tenha um foco definido para não se perder no caminho. Outro erro recorrente e que pode ser fa- cilmente evitado é a mistura de contas de uma empresa com as despesas pessoais. Neste caso é mais fácil ainda, é preciso que a pessoa deste perfil tenha claro em sua cabeça o funcionamento do negócio e separar bem o CPF do CNPJ, lucros de empresa e gastos pessoais. Outra saída é trabalhar em conjunto com uma assessoria contábil para que ela auxilie na análise de operações fiscais, isso também pode evitar riscos ou implicações de natureza tributária”, afirma o diretor. Os novos empresários quase sempre estão ansiosos por terem uma ideia traçada de um negócio perfeito, porém, antes de colocar em prática, é necessário ler sobre o ramo, sobre empreendedorismo, leis que regem este ramo, então, consulte amigos e analise os con-

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=