Revista Graphprint - Edição 185

Revista Graphprint - Edição 185

GRAPHPRINT Mai/Jun 2018 12 Cenário Indústria de base f lorestal segue aquecida De acordo com o Ibá, em janeiro de 2018 as exportações do setor somaram US$ 901 milhões, uma alta de 17,8%, com evolução em celulose, painéis de madeira e papel • China se manteve como principal compradora da celulose brasileira em janeiro, com 47,3% das exportações • Europa aumentou em 16,2% a importação da celulose brasileira, alcançando US$ 208 milhões • Em papéis, a América Latina cresceu 14,3% nas exportações, somando US$ 112 milhões • A produção de celulose apresentou variação positiva de 10,2% em janeiro de 2018, frente ao mesmo mês do ano passado. Isso representa um total de 1,83 bilhão de toneladas de celulose • Em papel, houve um pequeno aumento na produção total, de 1,9% , com destaque para o segmento de tissue, que são papeis para fins sanitários, que aumentou a produção em 8,0% • Em janeiro de 2018, o segmento de papel demonstrou crescimento de 1,7% , com um total de 175 mil toneladas Com esse desempenho, o setor respondeu por 14,6% dos valores exportados pelas em- presas brasileiras do agronegócio e 5,3% do total comercializado com o mercado externo de todas as empresas brasileiras. O saldo da balança comercial cresceu 17,5%, alcançan- do o valor de US$ 807 milhões. A China se manteve como principal compradora da celulose brasileira em janeiro, res- pondendo por 47,3% das exportações. O valor total de celulose enviada para a China aumentou 21,1% com relação ao mesmo mês de 2017, chegando a US$ 338 milhões. Na sequência, a Europa aumentou em 16,2% a importação da celulose brasileira, alcan- çando US$ 208 milhões. Já a América Latina se manteve à frente das demais regiões do mundo quando o assunto é destino de painéis de madeira e papel. Para os painéis, a região representou mais da metade de todo o volume exportado pelo país, o que significa US$12 milhões, avanço de 9,1% em relação a janeiro de 2017. Em papéis, a América Latina cresceu 14,3% das exportações, somando US$ 112 milhões. Os indicadores de desempenho do setor de árvores plantadas foram publicados pela 45ª edição do Cenários Ibá, um boletim mensal da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá). PRODUÇÃO A produção de celulose apresentou variação positiva de 10,2% em janeiro de 2018, fren- te ao mesmo mês do ano passado. Isso representa um total de 1,83 bilhão de toneladas de celulose. Em papel, houve um pequeno aumento na produção total, de 1,9%, com destaque para o segmento de tissue, que são papeis para fins sanitários, que aumentou a produção em 8,0%. O setor, ao todo, produziu 859 mil toneladas de papel, sendo o segmento de sanitários responsável por 95 mil toneladas, e o de embalagens, responsável por 469 mil toneladas. Em janeiro de 2018, o setor registrou avanço nas negociações com o mercado externo em painéis e em papel. Os painéis de madeira avançaram 8,2%, alcançando 92 mil m³. O segmento de papel demonstrou crescimento de 1,7%, com um total de 175 mil toneladas.

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=