Revista Graphprint - Edição 184

Revista Graphprint - Edição 184

GRAPHPRINT Mar/Abr 2018 10 A C O N T E C E N O M E R C A D O Ação da International Paper entrega prêmio Aline Vivas é a primeira ganhadora da ação “Chamex Nota 10”, realizada pela International Paper. O prêmio é uma bolsa de estudos no valor de R$15 mil. Consumidora do papel Cha- mex, Aline nem acreditou quando ficou sabendo do resultado. “Depois que ganhei fiquei me perguntando se era verdade mesmo. Mas logo entraram em contato comigo e confiei ainda mais na campanha”, revela. Além da bolsa de estudos, a ação promove sorteios instantâneos de cursos à distância da rede Senac para os consumidores e a revitalização da papelaria que vender o Chamex sorteado. Na primeira fase da campanha, a Kalunga foi a sorteada. De acordo com Tayla Monteiro, gerente de marcas e produtos da International Paper, o intuito da campanha é fomentar a educação por meio de bolsa de estudos e reforçar o compromisso da IP com o seu público. “Acreditamos no potencial de transformação da educação. Por meio da campanha Chamex Nota 10 queremos ampliar as oportunidades de formação e desenvolvimento para nossos consumidores e promover esse crescimento para as papelarias também”, ressalta. Para participar é preciso comprar um produto da linha Chamex (Multi, Office, Colors ou Super) e cadastrar o comprovante fiscal no hotsite da campanha (www.chamex.com.br/nota10) , além de indicar o local em que efetuou a compra. Para saber mais sobre ação, acesse www.chamex.com.br/nota10 e confira o regulamento na íntegra. Entre as melhores do mundo A Antilhas foi premiada no World Star Packaging Awards 2018, iniciativa da WPO - World Packaging Organisation, na categoria Health & Personal Care, com o case: cartucho desenvolvido para a linha Ekos, da Natura que tinha como premissa transmitir a preocupação da empresa com o ambiente. É a sétima vez que a Antilhas tem a chan- cela do WPO. A cerimônia de premiação ocorrerá em 2 de maio de 2018, na Aus- trália, durante a conferência mundial da WPO. “A conquista do prêmio WPO é reflexo do comprometimento da Antilhas em oferecer produtos de excelência desen- volvidos a partir de tecnologias inovado- ras e sempre adequados às necessidades do cliente”, destaca João Elcio Luongo Jr., gerente comercial da unidade de negócio Cartucharia da Antilhas. Klabin adquire participação na startup israelense Melodea A Klabin anuncia a aquisição de 12,5% da startup israelense Melodea Bio Based Solutions, pioneira na tecnologia de extração de celulose na- nocristalina (CNC), produzida 100% a partir de fontes renováveis. O investimento foi de US$ 2,5 milhões. O objetivo da Klabin é fazer uso da celulose nanocristalina (CNC) na criação de papéis e embalagens ainda mais resistentes, 100% recicláveis, além de potencializar oportu- nidades para novos negócios em produtos de base florestal. “A capacidade de adoção da base tecnológica de CNC da Melodea é altíssima, com aplicações potenciais em diversos setores. A CNC, em uma combinação de propriedades como alta cristalinidade, capacidade de formar filmes e estruturas densas e de alta coesão, é uma rota ino- vadora para o desenvolvimento de barreiras renováveis e sustentáveis em papéis e embalagens, proporcionando mais resistência em relação à penetração de ar, água, vapores e óleos, entre outros; é uma tecnologia com menor impacto ambiental”, afirma Francisco Razzolini, diretor de Tecnologia e Unidade de Celulose da Klabin. Nos últimos três anos, a companhia aportou R$ 70 milhões para com- pletar a integração das frentes de pesquisa e desenvolvimento das áreas florestal e industrial.

RkJQdWJsaXNoZXIy MTY1MzM=